Lúcifer


Muitos terão chegado a essa postagem e a descartarão, de antemão. Alguns, por falta de interesse ou preconceito; outros, por medo subsconsciente. Lembram de quando nos metiam medo, na adolescência, dizendo que a menina poderia engravidar através de um simples beijo na boca? Pois então, assim foi com o nome Lúcifer.

Mas, afinal, quem (ou o que) é Lúcifer? Será o rei dos diabos? Um anjo, uma força, um símbolo, um planeta? Vejamos abaixo.

Serpente Autófaga


Em latim, eu a chamaria Serpens Autófaga. Em termos ocidentais, simplesmente, a “Serpente que come o próprio rabo” ou Self-eating Snake. No Ocultismo, é conhecida como Ouroboros. O que mais poderíamos falar a respeito deste símbolo de poder?

Bélgica prepara-se para legalizar eutanásia de crianças


Sim, a Bélgica, tão pioneira no que há de pior nos costumes, prepara-se para aprovar, na próxima quinta-feira, 13, a possibilidade legal de os pais outorgarem a eutanásia a crianças (sim, de decretarem sua morte “piedosa”), de 12 anos de idade em diante, com doenças incuráveis e/ou terminais.

Há quem tente justificar esse ato como sinal de “caridade”, até mesmo cristã (pasmem!), para com a criança em sofrimento. Mas, quem de nós já há visto alguma criança a pedir para morrer, mesmo em situações tão pungentes e sob sofrimentos atrozes?

Não são elas, justamente as crianças, os repositórios de Esperança por um mundo melhor? Quando calarem a voz (ou induzirem a calar-se) de uma criança diante do sofrimento normal da Vida humana, quem de nós ainda terá inspiração para lutar por sua própria Vida, já tão obliterada pela falta de alegria, de beleza e Fé? Quão humana essa criança ainda vai ser, de fato? E que vestígios de humanidade ainda terão seus pais, e nós?

A Cruz invertida e a retórica do escárnio


Dentre as táticas preferidas da Sinagoga de Satanás para a desmoralização de seus opositores (dentre eles, o principal é a Igreja), está o escárnio. O escárnio é a forma vil de ridicularizar algo, alguém ou algum grupo de pessoas, usando-se do que esses tenham de característico, não se preocupando se se está fazendo alusão a fatos reais, meias verdades ou folclores. O escárnio é o que dá origem à popular fofoca de comadres.

Este conteúdo mudou de endereço!