De Infinitudine (Sobre o Infinito)


Nota do Autor: Embora boa parte do que será exposto aqui já tenha sido, por muito tempo e incontáveis vezes, ecoado na História do Misticismo e da Filosofia, vou procurar expor apenas pensamentos meus , fruto de anos de reflexão.

***

Por Ebrael Shaddai.

Como poderíamos pensar naquilo que não tenha início e/ou fim? Como representar, simbolicamente, o Infinito, ou aquele a quem nos acostumamos a chamar “Deus”? Como foi criado o Universo? Se todo o Universo estivesse contido num ponto do tamanho de uma cabeça de um átomo, como dizem os teóricos do Big Bang, o que encontraríamos ao redor dele?

%d blogueiros gostam disto: