10154502_10152327659570280_7047534159843427369_n

Crianças de rua podem estar sendo assassinadas por causa da Copa (#NãoVaiTerCopa)


Isto é o que denunciou recentemente um jornalista independente dinamarquês, Mikkel Jensen, em uma postagem pública em seu perfil no Facebook. Ele estava desde 2013 no Brasil, preparando-se para cobrir alguns jogos da Copa do Mundo (2014), em Fortaleza.

Mais especificamente, ele cita que, investigando, percebeu que um grande número de crianças de rua estavam desaparecendo sem deixar notícias. Sabemos bem que crianças de rua, quando recolhidas a albergues e educandários, não costumam lá permanecer por muito tempo, retornando à vida das ruas. No entanto, elas já não apareciam mais, e há muito tempo.

Continue lendo

Members of a family receive treatment at a hospital after being attacked with acid at their home by unknown gunmen in Kunduz

Clérigo muçulmano no Brasil ensina como bater em esposas


Cadê as campanhas da Globo contra esses escândalos? Cadê a Rede Record para detalhar a pedofilia do Profeta Maomé, que estuprou sua “esposa” de nove anos de idade? Onde está a Maria do Rosário, que não aparece para defender as muçulmanas?

Cadê, enfim, as VADIAS feministas a gritarem para que tirem os suaks de suas vaginas? Onde estão Jean Wyllys e os gayzistas a descerem o pau nas mesquitas, fazendo seu showzinho patético? Onde está Serginho Groismann e a ralé dos programas da Globo a fazerem críticas aos muçulmanos?

Cito abaixo, e reitero, o que eu disse em comentário à postagem da amiga Lúcia Lopes com essa denúncia:

Mulher não é propriedade, é companheira; não é dependente, é fiadora do marido; não é empregada do lar, é zeladora do que lhe pertence; não é escrava, mas legítima Rainha de um Reino cujo Rei deve ser defensor e condutor, não um tirano.

O Islamismo radical é a versão masculinizada da mesma tirania pela qual as feministas anseiam: a que submeta o outro pelo MEDO!

***

[1]

Um site de Ebrael Shaddai – Ano V

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.004 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: