Pupilas dilatadas


A Vida acontece em todo lugar. Aqui, aí, dentro de nós e, sem nosso completo controle, ao nosso redor. Na verdade, não temos controle algum sobre nossas Vidas. O que fazemos é optar. Enquanto respondemos por nossas opções, a Vida é senhora severa: rompe a bruma, desfaz e refaz a calma. A nós, o açoite da incômoda Liberdade!

E, eis que nos chegam as chuvas…

As torrentes que propagam a sede se misturam aos mares do fluído astral, que sintetizam imagens caleidoscópicas e belas projeções. Estes rios e mares, juntos e misturados, edificam, diante de nossos olhos perplexos, as espantosas ondas de ímpeto magnífico da Vida, senhora do Destino e alvo do Tempo.

Nossas almas embevecidas bebem deste cálice mágico que é o cupido ad vitam, o Desejo de viver. Desejo cego, xucro e forte. Nosss Corações, tais quais carros de guerra deste Desejo, manifestam-no sem temor ou regra alguma, de forma, por vezes, atroz e despótica.

Ousar: aí está um verbo “pecaminoso”, temível e que, no mais das vezes, transparece tal qual inconfessável expediente da Alma. Ousa aquele que não tem certeza. Tem Coragem aquele que toma decisões impossíveis sob o espectro mulambento do Medo e, inclusive, contra as mais delicadas prendas.

Quando virdes as pupilas dilatadas de um menino, saibas que ali é que morre a inocência, para ceder lugar a uma nova criatura, pois o brilho do júbilo se torna em ferino fogo do íntento.

A faca que fere também opera como bisturi que incide na carne a ser transformada. E tudo é trauma sob a Vida que passa. A Vida é traumática, anestesiada pelas flores do Campo e pequenas alegrias dominicais.

Anúncios

2 Replies to “Pupilas dilatadas”

Escreva abaixo seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s