Quando acaba, o maluco sou eu!


Vivemos numa sociedade. Isso nos faz supor que as impressões captadas e tidas como verdadeiras por outras pessoas, assim como as captadas por nós mesmos, afetam nossos paradigmas. Se nossos semelhantes começam a crer em coisas que, evidentemente, contradizem a Lógica, há a tendência de absorvermos o estresse dessas contradições.

Continue Lendo “Quando acaba, o maluco sou eu!”

Dia de quê, mesmo? Independência?


Há muito tempo que articulistas na internet têm dificuldades em falar sobre algo ameno. Sintomático: assuntos tensos sempre nos chamam mais a atenção, nos deixam mais alertas, principalmente quando o que está em jogo é a manutenção de nosso precário projeto de civilização. Quando falamos em independência, então, sentimos vontade de chorar. E choramos, perplexos, olhos arregalam-se. Pausa para respirar.

Continue Lendo “Dia de quê, mesmo? Independência?”

TCU some com documento que pode acarretar o impeachment de Dilma


Dilma Rousseff está enrascada. Seu séquito sanguessuga chupou até a alma da Petrobrás, BNDES e demais órgãos públicos, de forma alucinada, até não poder mais. As proezas de sua gangue foram descobertas? Não, foram denunciadas, provavelmente porque um (ou mais) de seus sócios ficou insatisfeito com algum acerto milionário “insuficiente”.

Estamos assistindo, então, a uma corrida doida para salvar o que já está morto – o governo da confusa e mandioqueira Dilma Roussef. A mais recente cartada nesse intuito foi o sumiço dado, debaixo das barbas dos ministros do TCU (Tribunal de Contas da União), a um parecer técnico que expunha todas as “pedaladas” fiscais (omissões e maquiagens contábeis) dos últimos anos do governo Dilma. Obviamente, o ministro responsável pelo processo instaurado no TCU, Augusto Nardes, está em silêncio.

Continue Lendo “TCU some com documento que pode acarretar o impeachment de Dilma”

Sobre o transexual “crucificado” na Parada Gay 2015


Eu tento não comentar polêmicas provocadas por hordas gayzistas, principalmente em Paradas Gays. Não que seja perda de tempo emitir opinião, mas é que o povo continua não querendo enxergar a gravidade da situação quando mostramos as intenções da Elite que coordena essas barbaridades todas. Acho que não preciso dizer que essa postura conivente é típica do povo brasileiro.

Continue Lendo “Sobre o transexual “crucificado” na Parada Gay 2015″